quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Franquia Dragon Ball tem novo filme anunciado

Depois de enfrentar uma amoeba, o inimigo agora é um coelho roxo...

Mais um ano e, com ele, mas uma invasão saiyajin tem início.
Já é de praxe todo ano termos pelo menos um novo jogo de luta e uma penca de novos action figures, gashapons e outros colecionáveis que nós, humildes brasileiros, não podemos adquirir pois são caros a pampa nas lojas nacionais e o preço de importação deles é de fazer chorar qualquer um.
Após o termino de Dragon Ball Kai, a promessa de um MMORPG baseado na franquia, a alguns meses atras fomos bombardeados com o teaser de um novo longa metragem.




Depois de correr em círculos venerando a Kaio-sama (?), passei um bom tempo procurando informações e, como não sei japonês, tive que usar da boa e velha paciência até traduzirem as informações do site.
A alguns dias a toda poderosa Bandai lançou a sinopse e você pode conferi-la aqui.


"Muitos anos depois que a titânica batalha contra Majin Buu determinaram o destino de todo o universo, a Terra estava em paz, mas agora enfrenta um novo perigo...

Se há um deus que cria os planetas e a vida neste universo, então também há um deus que os destrói. O deus da destruição Bilus, que mantém o equilíbrio do universo inteiro, desperta de um longo sono. Uma vez desagradado, ele leva a destruição ao limite, e o seu despertar deixa tanto Kaio quanto Kaioshin em pânico.

Ao ouvir rumores de que um saiyajin derrotou Freeza, Bilus e Whis procuram Goku no Planeta Kaio. Empolgado ao deparar com um oponente tão forte depois de tanto tempo, Goku ignora o aviso do senhor Kaio e desafia Bilus para uma batalha, mas, diante de tamanho poder, é derrotado. 'Espero que exista alguém na Terra mais digno de ser destruído', diz Bilus enquanto parte. A ameaça parte pra cima de Vegeta, Gohan e os outros guerreiros da Terra. Será que Goku e companhia conseguirão deter a destruição de Bilus?"

Em muitas das minhas conversas com amigos próximos (leia-se: amigos não fanboys e nem adeptos do "gokuismo") já confessei que DBZ é um anime que eu não assistiria de novo hoje em dia por ser longo demais, por vezes arrastado e não me empolgar mais quanto antes. É bem possível que esse filme seja licenciado pra cinema aqui no Brasil mas eu não pagarei pra assistir que nem fiz com DBZ - A Batalha de Dois Mundos (eu era uma criança inocente. dêem um desconto.)

Sendo assim, dia 30 de março, os niponicos poderão assistir mais um das dezenas de filmes de DB e nós ocidentais, vamos esperar novamente pelos comentários do Kotaku e depois mais alguns meses até algum fansub legendar pra nós, a exemplo do live action de Rurouni Kenshin, que mesmo tendo sido licenciado no Brasil como noticiado aqui, só vou conseguir assistir hoje a noite porque uma galerinha muito bacana legendou pra manolagem.

Título: Dragon Ball Z - Battle of Gods
Duração: 121 min
Direção: Masahiro Hosoda
Roteiro: Akira Toriama, Yusuke Watanabe

E vocês? Ansiosos? Estou curioso pelo vilão ser um deus ET chamado Bilus. Coincidência? Acho que não. Mandem suas opiniões e movimentemos essa bagaceira aqui.