sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Jogos Vorazes - May the odds be ever in you favor

You're blinded by your hunger… Pera aí. Post errado.



No verão deste ano, fomos bombardeados com comerciais de todo tipo, anunciando o sucessor cinematográfico das franquias Harry Potter e Crepúsculo, tendo como personagem principal, uma jovem manceba (como eu gosto dessa palavra…) que por ter se oferecido em troca de sua irmã mais nova como tributo ao governo, terá de lutar pela própria vida em meio a carnificina e, porque não, voracidade dos demais competidores em um tipo de No Limite/Survivor com a agressividade elevada ao extremo.
Assim se iniciou minha história com "The Hunger Games", o primeiro de uma trilogia escrita pela jornalista Suzanne Collins.


Uma guerra de anos que se estendeu por toda a nação de Panem teve seu fim marcado pela vitória da Capital e consequente submissão dos 13 distritos revoltosos que, em um ato retaliação promovido pelos vencedores, foram reduzidos a 12, tendo sido o 13º completamente obliterado após um ataque nuclear.
Para coibir novas rebeliões, a Capital criou os Hunger Games, os Jogos Vorazes, aonde cada um dos distritos outrora inimigos do Estado doaria dois jovens de 12 a 18 anos como tributos, que teriam de caçar e matar uns aos outros até que restasse apenas um ao final, com tudo sendo televisionado por todo o país.
Katniss Everdreen, de 16 anos, ofereceu-se como voluntária a participar dos jogos no lugar de sua irmã de 12 anos, que havia sido selecionada dentre todos os outros candidatos a tributos, e assim iniciou sua jornada para salvar sua própria vida e voltar para casa.

A dois meses comprei o pack dos três livros, na esperança de ter uma experiência mais intensa do que a que tive com a tela grande, já que havia adorado o filme. Como em toda adaptação, algumas coisas não foram inseridas na película mas, ao meu ver, porque ora não seriam relevantes para o andamento da história, ora não seriam bem traduzidas para as grandes telas. Fiquei impressionado com  o trabalho entorno da produção e direção do filme, merecendo um post a parte. Talvez até um comparativo, quem sabe?

Voltando para o livro, passei por um estranhamento inicial já que o mesmo é conduzido no esquema de narrador-personagem, o que deu um clima mais intimista a história mas me incomodou muito já que justamente por isso o livro ficou praticamente idêntico ao filme.


*pausa para o WTF?*


Ok, eu adorei o filme. Eu disse isso lá em cima não é mesmo? Mas justamente por ter adorado o filme, fiquei na expectativa de que esse livro me desse muito mais daquele mundo e pelo contrário, o livro não me acrescentou praticamente nada sobre aquele universo.
Os comparativos entre os plots de Hunger Games e Battle Royale tem seus motivos. Ambos tem em seu enredo um estado de controle, mas Battle Royale não se contem nem um pouco com a brutalidade nem se tratando de combates,  nem quando puxando para o emocional, e era isso o que eu esperava de Jogos Vorazes. Sim, foi ingênuo da minha parte acreditar que um livro para menininhas "jovens adultos" fosse ser mais agressivo porem eu sou um homem de fé. (?)
Aliás, essa foi só a primeira parte da minha ilusão pois por ter um narrador-personagem, a história é totalmente voltada para ele (ou ela, já que é uma mulher), vista por seus olhos, o que nos priva de uma visão mais plena daquele mundo e, pra falar a verdade, o que me interessou na premissa não foram os jogos mas sim a organização social e política daquele mundo, em como as pessoas, não só as moradoras dos distritos mas as baseadas na capital viviam e como reagiam quanto aquilo tudo.
Pra mim, ele peca no fato de ter me mostrado um background que pode ser tão largamente explorado, mostrando as varias visões de personagens distintos, criados em locais distintos, com experiências distintas e dando assim margem para alguma reflexão maior e decidir me apresentar tudo pelo olhar de uma só pessoa.
Senti muita falta de uma maior imersão naquela realidade e, embora tenha adorado o personagem Katniss Everdreen, ele não me apresentou personagens carismáticos o suficiente para eu comprar a ideia.

Enfim, por ser o primeiro livro de uma trilogia, ainda tenho muita estrada para percorrer através de Panem e espero que todo o background do lugar, todas as histórias, sejam mostradas no segundo livro, Em Chamas, que lerei assim que o Pedro me devolver.

Ficha Técnica
Título: Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Autor (a): Suzanne Collins
Editora: Rocco
Nota: 2.3/5


Revisado e corrigido por Samantha Marques. Te adoro SUA LINDA. :p