sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Estréias da Semana - Vamos falar de cinema

Esse é o primeiro post totalmente cinematográfico do blog. Eu tenho bastante medo de falar sobre filmes pois não sou especialista. Pra falar a verdade, não sou especialista em nada. Quem lê esse blog tem que ter a certeza de estar apenas acompanhando o ponto de vista de um babaca erudito que ama arte e sente falta de poder discutir sobre ela.

FIM DO MIMIMI INICIAL

Já estamos no segundo fim de semana de dezembro e as estreias de fim de ano são muitas. Muitas mesmo. Tantas que eu nem se quer vou comentar todas. Vou falar apenas daquilo que me chamou a atenção.
Então, sem mais delongas, vamos falar de cinema.

07 de dezembro:


Na Terra de Amor e Ódio:
Pelo que li, é a história de um soldado sérvio que encontra uma guria muçulmana em uma casa noturna (muçulmanas em boates? O.o) e, antes que eles possam se envolver, o local é atacado por uma bomba. Os dois se encontram novamente quando a moça é levada para um campo de concentração sérvio no qual seu outrora possível amante é um torturador badass motherfucker.



Assustadoramente dirigido e tendo o roteiro assinado por Angelina Jolie (estou com os olhos arregalados ao máximo enquanto escrevo devido ao choque), esse parece ser um ótimo filme de drama mas é bem o tipo que eu espero sair em DVD/locadora do Paulo Coelho e assistir com calma em casa, sem choradeiras no local. com exceção da minha.
É uma boa aposta pra um dia chuvoso ou para uma ida ao cinema com alguém mais velho, talvez aquela namorada que curta filmes mais profundos. e não estou falando de


deep throat

 

A Sombra do Inimigo:
O detetive Alex Cross encontra seu derradeiro desafio ao enfrentar o serial killer ex-militar Michael "The Butcher" Sullivan. Durante as investigações uma mensagem é enviada a Cross, que decide capturar The Butcher a qualquer custo.



 

Pelo que vi, é mais um filme de ação genérico. Não que eu não curta filmes de ação mas, ultimamente, tenho deixado pra vê-los  quando passam na TV (que eu quase nunca ligo).
Depois de A Múmia 3 e Velozes e Furiosos, pra mim foram decepções absurdas (sério, VeF é um filme chato pra caralho e a única coisa que surgiu de boa dele foi o NfS Underground), o director Rob Cohen ataca novamente no género que mostrou fazer um trabalho interessante mesmo com roteiros ruins como Triplo X.
Pipocão no melhor estilo "tiro, porrada e bomba".


Entre o Amor e a Paixão:
Margot conhece Daniel e se sente instantaneamente atraída por ele. Reprimindo esse sentimento por ser casada com Lou, um escritor de livros de culinária, se vê em um xeque ao ter a notícia de que seu novo vizinho é ninguém menos do que o próprio Daniel.





Um drama/romance familiar que, para mim, nada promete. Mas posso estar queimando minha língua quanto a isso. Não conheço o trabalho da diretora e roteirista Sarah Polley e percebi que ela fez diversos curtas. Dar uma chance? Talvez. Mas posso guardar os R$20 do ingresso pra outra coisa.


 

A Escolha Perfeita:
A adolescente Beca não faz o tipo "garota sociável". Ao entrar na faculdade é convidada a se unir a um grupo de garotas, formando um coral universitário.




Glee na faculdade. Ponto. Sem mais. E justamente por isso eu me amarrei na ideia. Não que seja algo que vá surpreender em termos de narrativa. Não espero nada inteligente de história. Na verdade, provavelmente vai ser uma comédia romântica whatever BUT tem música e se uma coisa os americanos sabem fazer muito bem, são musicais. Espero que a qualidade dos arranjos seja tão boa quanto a de Glee.
É um bom filme pra se ver com a namorada ou com um grupo de amigos em um fim de semana descontraído e o Bira precisa disso.
 



Quatro Amigas em um Casamento:
Um quarteto de velhas amigas se reune novamente para o casamento de uma delas. Em meio ao reencontro, convite para serem madrinhas e despedidas de solteiro (a), elas acabam por rasgar o vestido da noiva e tem de consertar tudo até o dia do casamento.




Mais uma comédia romântica de casamento. Por algum motivo, me veio a cabeça aquele filme em que a Julia Roberts tenta roubar o marido da loirinha fofa (alguém me lembra o nome dele). Talvez eu veja quando passar na TV ou caso a minha irmã entre em crise de comedias romanticas e baixe.

 

Infancia Clandestina
Filme narra a história e cotidiano de Juan, sua família e a vida dupla que levam ao se mudarem para uma nova cidade e apoiarem o o grupo armado peronista durante a ditadura militar argentina.




Infelizmente não consegui o trailer legendado mas eu estou realmente tentado em assistir a esse filme. Gosto de dramas, gosto de história e principalmente da história que não nos é contada na escola. As pessoas quase não sabem sobre os períodos ditatoriais da América do Sul. na verdade muito mal sabem do que aconteceu aqui no Brasil.
Vou aproveitar que as quartas o cinema é mais barato e ver qual é de mais uma parceria Brasil e Argentina. ser pobre é foda…


 

Bullying
Mais de 13 milhões de crianças norte-americanas vão sofrer bullying este ano, tornando-o a forma de violência mais comum entre jovens nos Estados Unidos. O novo documentário Bullying, dirigido pelo cineasta Lee Hirsch, vencedor de prêmios do Festival de Sundance e do Emmy, traz a estatística assustadora para uma escala humana, propondo um olhar intimista e corajoso para a forma como o bullying atingiu as vidas de cinco crianças e suas famílias.




Um documentário sobre o atual termo da moda. Eu não vou falar muito sobre isso aqui pois tenho algumas opiniões sobre bullying e, talvez algum dia, resolva escrever exclusivamente sobre o assunto. talvez isso só saia quando o assunto sair de moda
Um bom documentário é sempre bom para nos fazer refletir, embora esse seja o tipo de filme que eu prefiro assistir no conforto do meu lar. Aqui no Rio, só deve ser exibido no Barra Shopping ou lugares assim.


É isso pessoal. O que interessou a vocês? Quais as suas opiniões sobre as estreias do cinema pra essa semana? Eu esqueci de alguma coisa? Tem algo que não vai estrear? Aguardo por vocês nos comentários.